6.6.04
6 de Junho de 1944
.

Robert Capa
Dia D, 1944
Impress�o a gelatina e brometo de prata
22,7X34,1 cm

Gruber collection

Ainda a fotografia se passeava pelas impress�es a brometo de prata, e j� se tornava num dos mais importantes documentos representativos da express�o da guerra. E � aqui que Robert Capa adquire um papel preponderante na hist�ria da fotografia. A sua coragem na procura do retrato real nos mais dificeis cen�rios de guerra valeu-lhe o reconhecimento, principalmente depois das fotografias da guerra civil espanhola terem circulado pelos mais conhecidos jornais europeus.( ver a "Morte de um realista espanhol" - a mais pol�mica de todas).
Acaba por adquirir o gosto pelas reportagens de guerra e viaja por v�rios conflitos (China, It�lia, Fran�a, Israel, entre outros).
As mais famosas fotografias de Capa s�o do desembarque na Normandia em 1944.Onde exp�e claramente a sua investiga��o, no revelar dos limites da actua��o do ser humano entre o "desejo de viver" e a "�nsia de se autodestruir".
Capa acabaria por falecer um ano depois, a uma semana do 1� anivers�rio do dia D,fatalmente ferido na guerra do Vietname.
Ironicas foram as suas palavras:
"Se as fotografias n�o s�o suficientemente boas, � porque n�o se est� suficientemente perto"

Acabando por se tornar no mais consagrado rep�rter de guerra do s�culo passado. A sua obra jamais poder� ser esquecida como um dos mais profundos manifestos contra a guerra.

Aqui fica o meu.



HaloScan.com